fbpx

Por que beber água de coco faz bem para a saúde? conheça os 10 benefícios

Seja o verão, seja épocas de calor intenso e constante, uma das questões mais pertinentes e inevitáveis é a hidratação. Simplesmente não é uma boa ideia deixar de beber água nesses períodos, pois os riscos de doenças e problemas de saúde pesados são evidentes. Quem pegou o último verão de 2019 sabe do que estamos falando. E quando entramos nesse assunto,  tem uma que é imediatamente mencionada. Sim, água de coco faz bem para a saúde, e muito!

Uma das frutas mais icônicas do verão e do calor, o coco é consumido com frequência nos litorais brasileiros como um todo, e comercializado de várias formas. Porém, mais do que sua “carne”, que é muito saborosa e nutritiva também, é a água de coco que realmente interessa para muitos. Seus benefícios para a saúde são bem variados, transformando-o em um grande aliado para o verão,

Vamos entender na prática o porquê disso, listando os benefícios presentes ao beber água de coco com frequência. Eu sei, o valor não é tão acessível para consumir diariamente como gostaríamos. Ainda assim, é uma iguaria que vale bastante a pena investir junto aos demais cuidados com a alimentação no verão, e além.

Os 10 benefícios da água de coco

Até alguns anos atrás, havia uma certa controvérsia em indicar água de coco para se tratar durante o verão. Muitos nutricionistas ficavam receosos por conta da quantidade relativa de frutose e gordura saturadas, ambos responsáveis pelo ganho de peso desmedido. Contudo, com as novas pesquisas, descobriu-se outros benefícios e possibilidades que fazem da água de coco menos nociva do que se imagina. E vamos mostrar o porquê.

1 – É o melhor hidratante para o corpo

Os efeitos hidratantes da água de coco foram a maior descoberta científica da área nos últimos anos. Embora já soubessem do seu potencial como opção de bebidas, seus recursos variados o fazem uma das melhores fontes de nutrientes para o organismo, sobretudo após perder uma quantidade significativa deles em atividades de qualquer tipo, ou mesmo em recuperações de quadros clínicos.

Para ter uma ideia, a água de coco reúne os seguintes tipos de nutrientes em uma única fruta:

  • vitaminas;
  • minerais;
  • aminoácidos;
  • carboidratos;
  • antioxidantes;
  • enzimas.

Isso sem contar a quantidade impressionante de eletrólitos, substâncias muito parecidas com o plasma humano, essencial na estruturação do sangue. Resumindo bem, a água de coco pode ser o rejuvenescedor do corpo de maneira completa e eficiente. Não por acaso, seu uso é muito comum por soldados, esportistas e pessoas que precisam de um vigor físico acima da média.

Beber água de coco como uma alternativa a outros tipos de bebidas energéticas não é apenas uma realidade, como uma opção muito mais eficiente.

Para ter uma noção, a água presente em um único corpo repõe, em quantidade bem mais equilibrada, magnésio, sódio e açúcar. Em uma bebida energética com o mesmo propósito, há uma quantidade cinco vezes maior de açúcar e duas vezes maior de sódio, o que a longo prazo causa mais prejuízos.

O ideal nesses casos é ponderar. Caso não tenha água de coco perto, e sim tais bebidas energéticas, equilibre o consumo deles com água regular, protegendo e hidratando o corpo na mesma medida.

2 – Reduz os níveis de pressão arterial e riscos de doenças cardíacas

Um dos efeitos diretos ao beber água de coco é aproveitar os níveis de colesterol positivo, o chamado HDL, no organismo. É através dele que o coração e a corrente sanguínea como um todo são protegidas de doenças geradas pelo excesso de gordura no sangue, como a própria pressão alta, por exemplo.

A doença mais evitada com o consumo constante da água de coco é a aterosclerose. Para quem não sabe, é uma das inflamações mais perigosas no sistema cardiovascular, em que o acúmulo de placas de gordura atinge artérias como as coronárias, próximas ao coração, as carótidas, no cérebro, e as artérias na região das pernas.

Em cada uma dessas áreas, as manifestações diretas são bem específicas, como infartos, dores, ou mesmo um AVC. Ter um controle mais efetivo do consumo de gordura, bem como beber constantemente água de coco, ajuda a prevenir esses casos.

E mais do que prevenir, a água de coco também pode amenizar os efeitos de problemas já presentes no organismo. Em casos de ataque do coração, uma dose de água de coco ajuda a recuperar o órgão com mais facilidade, devido a quantidade expressiva de magnésio, cálcio e potássio, que ajudam a equilibrar a circulação e os batimentos do corpo.

Isso explica, de certa forma, a importância de uma boa água de coco após exercícios físicos, ou mesmo uma alimentação mais pesada. 300 a 500 ml por dia é o suficiente para garantir os efeitos, sempre após tais picos de atividades, para que sua ação seja mais efetiva. Caso não tenha essa disponibilidade de beber todo dia, alterne com outros sucos ao menos duas vezes na semana, e você vai sentir bem os benefícios.

Entre as sugestões que podem ser alternativas e complementares ao coco, destacamos as seguintes.

  • Limão
  • Manga
  • Melancia
  • Uva
  • Laranja

3 – Torna as funções renais do organismo mais eficientes

A água de coco é um diurético natural, talvez o melhor deles. Isso, na prática, significa que ele torna as funções dos rins mais eficientes e práticas, quebrando todas as impurezas no intestino e evitando que elas se instalem nos rins, levando a doenças como cálculo renal, infecções urinárias e outros problemas do tipo.

A capacidade diurética da água de coco é tão grande, que ela não resolve apenas os rins, como dão um trato geral em toda a região. Limpam os canais da bexiga, facilitando a micção, além de estimulá-la. E caso já tenha algum problema de pedras nos rins, beber água de coco ajuda a diminuir o tamanho delas, talvez destruí-las por completo.

Esse tratamento foi descoberto há poucos anos, e é bem simples de fazer. Beba ao menos três vezes por semana um copo de água de coco, entre 300 ml e 500 ml como vimos acima. Seguindo certinho, as pedras nos rins são grosseiramente reduzidas, inclusive acabando com a chance da terrível cirurgia de pedra nos rins, que são consideradas em casos de risco.

4 – Protege contra o envelhecimento precoce e diversos tipos de câncer

Existem vários alimentos disponíveis hoje em dia que ajudam na prevenção contra o câncer. Isso muito se deve aos preparos com que são feitos, aproveitando cada nutriente e garantir essa longevidade na vida. A água de coco, e o próprio coco em si, ajudam duas vezes nesse sentido.

Em primeiro lugar, os antioxidantes presentes na água de coco evitam a formação excessiva de oleosidade no corpo, garantindo uma pele melhor hidratada e viva, inclusive evitando o seu envelhecimento. Junto a esse cuidado específico, também devem vir uma série de outras atitudes, como evitar a exposição constante ao sol e usar bem protetor solar. Tudo isso conta, mas vamos seguindo adiante.

Já na prevenção ao câncer, a água de coco consegue ser ainda mais eficiente. E isso se deve às citocininas. Estes são hormônios responsáveis pela quebra de células, e são bem comuns no reino vegetal. Na alimentação, é possível aproveitá-las em sementes, brotos, raízes e folhas. E na água de coco.

As citocininas presentes nela ajudam a quebrar ou mesmo destruir as células cancerígenas. Além de prevenir contra o câncer, ele ainda garante um efeito extra, na proteção contra a trombose. E isso só com três copos por semana. Quem diria, não?

5 – Torna a digestão mais fácil

Esse é um dos benefícios mais evidentes quando se trata de uma boa água de coco. Pode não parecer, mas esta é uma boa fonte de fibras para o organismo. E especialmente em seu caso, ela também evita problemas com refluxos, muitas vezes causados por desarranjos no estômago.

Graças às fibras, a saciedade também é bem promovida no organismo. E já sabe o que isso traz a longo prazo, certo? Aquela perda de peso que muitas vezes é um desafio do cão para conseguir. Mas aqui vai um conselho: apesar de ser uma grande aliada no controle de peso, não beba água de coco em excesso.

Como vamos ver mais adiante, seu consumo desmedido pode levar a outros problemas relacionados ao ganho de peso. O conselho aqui é manter como parte regular da dieta, alternando entre outros alimentos com o mesmo efeito – exemplos incluem maçãs, aveia, e pão integral -, para que o corpo consiga receber melhor os nutrientes, e de quebra aprecie uma boa saúde.

6 – Potencializa o sistema imunológico

Para quem tem problemas de saúde, a água de coco regularmente possui efeitos muito interessantes. Basicamente, ela reforça o sistema imunológico como um todo devido às funções dos eletrólitos, o que só isso já evita diversos efeitos nocivos causados pela baixa imunidade, como as crises alérgicas decorrentes do clima, por exemplo.

Mas não para por aí. Esse reforço dado ao imunológico também funciona para casos de infecções generalizadas, incluindo aquelas terríveis na gengiva; previne doenças respiratórias, como a fatídica asma e o resfriado; e ainda combate os vírus relacionados ao tifo, a gripe e outras doenças do tipo.

Então fica a dica: não beba água de coco apenas no verão. Ao contrário do que o ditado popular apresenta, bebê-la com frequência é bom em qualquer época. A diferença é que numa época fica ótima para refrescar e relaxar, e na outra vai manter você protegido e ativo quando se tem todos os motivos para não fazer.

7 – Ajuda a reduzir o estresse e tensões musculares

Sempre temos aquelas opções de bebidas para relaxar e aproveitar um momento de descanso, seja de estresse com o trabalho ou depois de fazer exercícios físicos mais intensos. E adivinha só, a água de coco também é capaz de trazer esses efeitos relaxantes em ambos os níveis, de formas distintas.

A razão para isso é o cálcio e o magnésio. Ao contrário do que parece, suas funções não se restringem apenas no reforço aos ossos ou na regulação do corpo de forma generalizada. Eles, na verdade, são uma fonte essencial para promover um corpo mais leve, principalmente depois de tensões constantes.

O cálcio é responsável pelo relaxamento muscular como um todo. Para ser mais específico, ele age na chamada musculatura lisa, que compõe os órgãos internos e a maior parte dos vasos sanguíneos. Com o seu relaxamento, os órgãos tendem a funcionar melhor, além de reduzir os níveis de pressão dos vasos. Isso, somado aos demais benefícios proporcionados pela água de coco, garantem um descanso dos justos.

O magnésio, por sua vez, cuida da parte “psicológica” do relaxamento. Sua ação através da água de coco é no sistema nervoso parassimpático, responsável por entre outras coisas, na produção de serotonina, o hormônio responsável pela sensação de prazer e bem estar. Beber aquela água de coco no fim do dia é o que há.

8 – Reforça as funções cerebrais

Você achou que o magnésio presente na água de coco só serve para relaxar a cabeça? Pois fique sabendo que os efeitos vão muito além, ainda. A água de coco, consumido com frequência adequada, pode facilitar uma série de funções cerebrais. Para quem busca facilitar um pouco o processo de aprendizado, bem como algumas atividades similares, aqui é o ideal.

O consumo de potássio e de magnésio presentes na água de coco torna as funções cognitivas do cérebro mais eficientes, como as transmissões neurológicas. Na prática, isso significa que com a água de coco constantemente torna a sua capacidade de decisão mais rápida, seu aprendizado mais eficiente, sua percepção ao redor mais ampla, entre outras funções relacionadas aos sentidos.

Não, não lhe dá superpoderes, mas ainda assim é bem prático para tornar momentos tão importantes do seu dia a dia melhores de um modo geral.

9 – Reduz os níveis de acidez do organismo

Pessoas que níveis de Ph muito altos no organismo tendem a sofrer com alguns tipos de mal estar, como azias, por exemplo. Entre as mulheres, um Ph alto pode aumentar o risco de doenças como candidíase, e outras doenças relacionadas a proliferação de bactérias.

Um Ph muito alto também tende a diminuir as proteções naturais do corpo. Para quem anda sofrendo de desinteria e outros problemas do tipo, uma das causas provavelmente é a destruição da flora intestinal, causada por essa acidez desmedida.

E o grande salvador nesse aspecto pode ser justamente a água de coco. Ou melhor, pode ser um facilitador para uma qualidade de vida melhor. As substâncias presentes nela ajudam a alcalinizar o corpo, reforçando o organismo em suas áreas mais pertinentes. Uma digestão mais adequada costuma ser o efeito mais direto.

Mas veja bem: embora a água de coco possa ajudar na recuperação do corpo, ela não faz milagres. Para evitar que o seu organismo chegue a esse ponto, evite alimentos com excesso de acidez e gordura. Invista bem em uma salada, por exemplo, e tá tudo certo.

10 – Protege o fígado de choques glicêmicos

“Choques glicêmicos” é um neologismo bonito para dizer que a água de coco funciona bem para evitar a ressaca do dia seguinte. As calorias e o açúcar presente nela ajudam a controlar os níveis glicêmicos, o que evita não apenas os efeitos mais pesados da ressaca, como outros tipos de mal estar, como o inchaço abdominal. Ou ainda aquelas seções exageradas de sorvete.

Beber água de coco também ajuda na prevenção de outros efeitos mais intensos no fígado, pelos mesmos motivos. Quem fez cirurgia, ou precisa tratar o fígado de forma de mais direta na alimentação, pode colocar um copo diário de água de coco no seu dia a dia, para amenizar os efeitos.

Agora, se você pensou nela como tira-colo para amenizar a bebedeira, segura a onda. Ainda se trata de uma dose de açúcar, ainda que em quantidades miúdas para regular o corpo. Exagerando nesse “macete”, as chances de desenvolver uma diabetes e outras doenças do tipo é bem real.

Precauções importantes ao beber água de coco

Como falamos lá no começo, a água de coco tem seus diversos benefícios, mas também possuem algumas características que fazem dela cautelosa para alguns casos. Tal como qualquer alimento, seu consumo em excesso pode ser perigoso, especialmente se você já tem propensão para algumas outras doenças.

Vejamos um breve resumo desses pontos, para que possa aproveitar os benefícios da água de coco da maneira mais tranquila.

  • Diabetes – Como mencionamos acima, os níveis elevados de frutose presentes na água de coco o fazem um ótimo substituto de bebidas açucaradas. Porém, se você não tiver o devido controle do consumo, quem já possui um quadro diabético pode ter picos de insulina elevados. Portanto, maneire no consumo, certo?
  • Cálculo Renal – A água de coco tem um efeito diurético bem presente no organismo. Se você exagera muito no consumo, a longo prazo pode levá-lo a problemas de desidratação, o completo oposto do que deveria ser se tivesse um cuidado maior. A desidratação pode levar a outros casos ainda, como o cálculo renal.
  • Excesso de Potássio – como uma fonte rica de potássio, consumir água de coco em quantidades exageradas pode levar a uma série de problemas muito graves. Além das questões diabéticas, que estão relacionadas com o potássio, pode haver efeitos como a quebra de células vermelhas no sangue, a hemólise, causando efeitos similares a anemia.

Por conta desses efeitos, o ideal é que o consumo de água de coco seja equilibrado com a água normal. E a maneira mais fácil de fazer isso é após exercícios físicos intensos, ou em dias de calor forte, em que o corpo sua o bastante para que os eletrólitos seja repostos o quanto antes.

Vale a pena investir na água de coco industrializada?

Essa é uma questão sempre polêmica por conta de diversos fatores. Então antes de falarmos diretamente sobre o consumo ou não dessa versão da água de coco, fica a consideração: beba sempre a opção que for mais de acordo para você. O que vamos sugerir aqui são mais argumentos e pontos de vista que te facilitem a escolha.

Com isso em mente, um outro ponto também fica mais claro. Qualquer fruta e seus derivados em sucos, doces e afins devem ser naturais. É ali onde estão os nutrientes que o corpo precisa, e com criatividade, pode-se investir em ainda mais possibilidades. Com a água de coco acontece o mesmo.

Não querendo fazer uma propaganda completa contra a água de coco vendida em caixinhas, elas devem ser consideradas mais como uma opção secundária ou mesmo secundária, principalmente quando a intenção é cuidar do corpo após algum quadro clínico.

Por mais que possam trazê-las em sua essência quanto ao sabor, a maior parte dos produtos oferecidos neste formato possuem aditivos para que possam durar um pouco mais. Nessa entram os conservantes e estabilizantes que, a longo prazo, podem causar mais prejuízos a saúde do que benefícios.

Se você quer usar a água de coco para tratar da maior parte dos sintomas descritos acima, mas não se encontra disponível com tanta facilidade na cidade onde mora, o ideal é substituir por frutas e alimentos com efeitos similares. Isso vai tornar sua saúde ainda melhor com o passar do tempo.

Vejamos algumas opções a seguir.

  • Banana
  • Romã
  • Castanha do Pará
  • Espinafre
  • Aveia
  • Amendoim
  • Ovo
  • Tangerina
  • Ameixa
  • Damasco
  • Tâmara
  • Abacate
  • Beterraba
  • Amêndoa

Aqui, você pode aproveitar os alimentos da forma que achar mais interessante. Sucos, sopas, cozidos no vapor… Existem muitas possibilidades, que oferecem ainda um melhor custo benefício do que suas versões industrializadas. Considere como uma forma de tornar sua saúde melhor, e exercer sua criatividade culinária também. O seu corpo agradece.

Então, agora que você de fato saber o porquê de beber água de coco tão bem, que tal aproveitar o seu consumo? Do quiosque a beira mar, até aquelas barraquinhas em parques e centros urbanos, não faltam oportunidades para investir em sua saúde. Além do mais, é uma bebida deliciosa para curtir tão bem quanto o suco. Não deixe de cuidar bem da sua saúde, e até a próxima!

 

2019-03-11T17:43:04-02:00

Sobre Nós

Acreditamos que todo homem mereça ter um momento de relaxamento e revitalização ao longo da semana. Por isso, criamos o SPA urbano para homens com ambiente estritamente familiar e tradições orientais.