fbpx

Estresse no trabalho: Veja as causas e como eliminá-lo

Estresse no trabalho. Está aí um assunto que nunca sai de pauta! Afinal, este é um tema que, infelizmente, acomete milhões de pessoas todos os anos no país. O estresse no trabalho é tão comum na nossa sociedade que passou de um problema sério, para uma desculpa pejorativa e até com motivos de piada.

O estresse não pode ser tratado como uma piada. E também não pode ser tratado como consequência de um dia que tudo deu errado. O estresse é mais profundo que isso. Ele está enraizado no seu dia a dia e muitas vezes você nem percebe. Quer um exemplo? Pouca paciência para falar com colegas de trabalho ou ansiedade para responder uma simples pergunta de algum familiar dentro de casa.

Estas situações são evidências claras de que você precisa desacelerar e parar um pouco de pensar em trabalho. Veja que neste texto falaremos especificamente de estresse no trabalho, ok? Mas, lembre-se que o estresse existem em diversas esferas da sociedade, e não apenas no trabalho! Por isso, é fundamental entender um pouco mais sobre o tema.

Acompanhe!

Leia também: Como diminuir o estresse masculino?

estresse no trabalho

Estresse no trabalho – O que pode estar causando?

O estresse no trabalho pode ter inúmeras motivações. Algumas delas evidentes, que vamos listar em seguida, e outras delas menos evidentes, que estão relacionadas a situações inconscientes e psicológicas. Por isso, nossa primeira dica para que você consiga superar estes problemas, é: procure ajuda profissional.

Somente com ajuda profissional você conseguirá sublimar e elaborar algumas situações tão difíceis. Afinal, nós sabemos que o trabalho em si muitas vezes é difícil de mudar. Pois você pode não estar no controle das situações, o que dificulta tudo. Por isso, uma das melhores alternativas para passar por cima do problema e resolvê-lo, é saber como agir em cada situação.

E, para isso, cada pessoa será única, com personalidades únicas, vontades únicas e desejos únicos. Ou seja, tudo é muito individual e não há uma receita mágica. Cada qual com sua situação.

Porém, há alguns pontos que podemos observar de forma ampla e geral e que pode sim estar atrapalhando seu dia a dia. Estamos falando de algumas atitudes ou situações que acontecem em diversas empresas ou ambientes de trabalho e que, por sua vez, causam estresse.

Veja nossa lista abaixo.

A competitividade pode ser um sinal claro de estresse no ambiente de trabalho

Hoje em dia, não há como evitar a competitividade. Esta é uma situação real e que atinge todo mundo no mercado de trabalho. Afinal, as empresas estão cada vez mais exigentes e querem cada vez mais resultados dos funcionários. E quem conseguir entregar os melhores resultados e tiver mais qualificação, normalmente tem mais vantagem.

E isto, por si só, é um perigo para a nossa mente. Infelizmente, não fomos feitos para estar fora da zona de conforto o tempo inteiro. E você sabe que estudando e aprimorando seus conhecimentos, automaticamente estará fora desta zona. A mente sofre, pois o que ela queria era estar descansando.

E por isso, é fundamental que você tenha um equilíbrio muito grande para conseguir alinhar as necessidades que a competição pede, com seu descanso e relaxamento.

Leia também: Tudo que você precisa saber sobre o estresse.

estresse no trabalho

O prazo está curto? Isto pode ser extremamente negativo

Outro fator determinante para o estresse no trabalho, são os prazos apertados para as entregas. Para quem trabalha diretamente com clientes, sabe da dificuldade que é para encontrar um prazo adequado para realizar trabalhos. E isto é muito importante, pois a pressão que surge a partir do fechamento de um contrato de prazo curto, é enorme.

Você passa a viver apenas para aquela entrega e para aquele prazo apertado. E quando a data vai se aproximando e você nota que o serviço ou produto ainda não está devidamente correto, aí o problema se agrava. Você passa a dormir menos e trabalhar muito mais horas por dia.

Qual a consequência disso tudo? Um nível enorme de estresse.

Constantes ameaças de desemprego podem desequilibrar sua saúde mental

A constituição da nossa sociedade faz com que as pessoas tenham que ter um emprego para sobreviver. Logo, a simples ameaça de perder este emprego e muitas vezes a “estabilidade”, pode fazer com que a saúde mental entre em colapso. E, quando isso acontece, automaticamente o estresse é consequência.

Afinal, imagine você tendo que pagar aluguel e diversas outras contas e conviver sempre com a ameaça de desemprego. É muito complicado. E por isso, recomendamos que você encontre um meio termo entre tudo isso. Fazer terapia para equilibrar estas questões é fundamental. Afinal, você precisa maturar esta ideia, pois, infelizmente, não existe estabilidade, não é mesmo?

Mudanças na empresa podem gerar estresse

Se a empresa que você trabalha precisa fazer mudanças bruscas, certamente pode ser um gatilho para o estresse no trabalho. Afinal, como você sabe, o corpo humano foi feito para viver na zona de conforto. Estamos o tempo inteiro buscando por este lugar no mundo. Se não fosse isso, não nos importaríamos em morar em qualquer lugar, ter qualquer carro e qualquer colchão.

Queremos o melhor para nos sentirmos bem e isto faz parte de nossa natureza. E quando algo sai desta ordem, gera estresse. Por isso, se você sente-se estressado e sua empresa está mudando de endereço ou mesmo mudando setores internos, saiba que esta pode ser a motivação.

Leia também: SPA em São Paulo

estresse no trabalho

O aumento de responsabilidades pode causar estresse

Quem não sonha com aquela promoção na empresa ou aquela prosperidade nos negócios? Todos nós. Vivemos em uma sociedade capitalista e isto faz com que tenhamos que correr atrás de dinheiro o tempo inteiro. Porém, esta “corrida maluca” pode facilmente fazer com que nossas responsabilidades aumentem.

Por exemplo, se você for promovido a um cargo superior, provavelmente ganhará mais. Porém, suas responsabilidades também serão maiores. E o mesmo acontece caso você tenha uma empresa. Para ela crescer, provavelmente você precisará investir, encontrar investidores ou contratar profissionais. E tudo isso gera uma pressão enorme, pois você agora é responsável por entregar resultados e pagar salários.

O estresse no trabalho está completamente ligado ao aumento de responsabilidades. É preciso aprender a conviver com isso para elaborar inconscientemente as situações.

Suas tarefas são repetitivas? Cuidado!

Outro ponto em que o estresse no trabalho é muito latente, é quando suas tarefas são muito repetitivas. Da mesma forma que nosso corpo busca por zona de conforto, ele pode facilmente enjoar de alguma atividade. Se você tiver que repetir o mesmo processo durante oito horas por dia, cinco dias por semana, saiba que pode ser um caminho certo para o estresse.

Mas, isto não é regra, ok? Conforme mencionamos anteriormente, cada pessoa é única. E, obviamente, algumas pessoas podem gostar do processo repetitivo. Mas, é importante sempre estar atento para questionar tudo que está acontecendo ao seu redor. Analisar sua vida para entender de onde vem as sensações é fundamental.

Um baixo salário, obviamente, pode causar muito estresse

Todos trabalhamos por um motivo: ganhar dinheiro. A não ser quem já tenha uma independência financeira onde não há mais necessidade de trabalhar por dinheiro, nós sempre teremos este objetivo. E, obviamente, se você ganhar um salário baixo por trabalhar muito, o estresse será o “bônus extra” no fim do mês.

Todos merecemos um salário digno para viver bem. E, quando começamos a sentir que não estamos ganhando o suficiente, muitas sensações negativas começam a brotar: cansaço, frustração e, claro, estresse. Por isso, busque sempre uma posição em que não precise aceitar qualquer salário. Pois no médio e longo prazo, isto pode ser mais negativo do que positivo.

Leia também: Como massagem aumenta a produtividade?

estresse no trabalho

Cuidado com o relacionamento negativo com os colegas de trabalho

Se relacionar com pessoas faz parte da vida de todos. Seja na faculdade, na escola ou no trabalho. E no caso do trabalho, algumas peculiaridades ocorrem. Afinal, são poucos os ambientes em que as pessoas realmente querem estar. Há sempre aqueles profissionais que querem apenas o salário no fim do mês e não se importam muito com os resultados da empresa.

E isto pode gerar desgaste entre os funcionários. O estresse no trabalho também está ligado a sensações negativas quando o relacionamento não vai bem com seus colegas. Por isso, é fundamental tentar cultivar o mínimo de um ambiente propício para o trabalho, principalmente com respeito, profissionalismo e ética.

Veja bem: não estamos dizendo que você precisa amar as pessoas com quem trabalha. Basta conviver de forma humana, uma vez que todos estão no “mesmo barco”. Isto ajudará no seu desenvolvimento profissional e, claro, deixará seus níveis de estresse menos elevados.

As fofocas podem tirar o seu sono

Já que estamos falando de convivência entre profissionais, não podemos deixar de mencionar este ponto. O estresse no trabalho é também muito adquirido através das fofocas. Imagine um ambiente que seja repleto de pessoas que falam uma das outras pelas costas. Ruim, né? Agora, imagine que estejam falando coisas que não necessariamente são verdades.

Pois é. Obviamente estas situações geram desgaste da equipe e, claro, elevam as cargas de estresse de todo mundo. Se há fofocas no ambiente de trabalho, é sinal de que algo não está equilibrado. Seja o convívio social, seja a ética ou até mesmo questões profissionais, deixando parceiros na mão ou não entregando trabalhos no prazo.

Por isso, evite fofocas. Evite falar dos outros. Ainda mais, coisas que você não sabe ou não tem certeza. Isto não só tornará seu dia mais leve, como também tornará o dia a dia de todos mais leve.

Você é perfeccionista? Todo cuidado é pouco!

Há quem acredite que ser perfeccionista é uma qualidade. Mas isto não necessariamente é uma verdade. Há casos e casos. Mas, na grande maioria das vezes, este atributo mais vai atrapalhar do que ajudar o seu desenvolvimento pessoal e profissional. Ser perfeccionista pode gerar muitas cargas de energia desnecessárias.

Afinal, imagine que seu trabalho está pronto e suficientemente bom para ser aprovado pelo cliente. Agora, imagine que você não consegue entregá-lo pois há uma mínima situação, que não influencia em nada, e que você precisa aperfeiçoar. Complicado, não? Isto faz com que você não cumpra prazos, não finalize trabalhos e não consiga dormir tranquilo.

Tornar algo perfeito não é ruim. Mas, você precisa saber que nem sempre isto está a seu alcance e que pode levar tempo. Por isso, manter um equilíbrio neste quesito é extremamente importante. Neste caso, muitas vezes o feito é melhor que o perfeito. Lembre-se disso.

dificuldades

Como acontecem as cobranças por resultados no seu trabalho?

Conforme mencionamos anteriormente, hoje em dia as cobranças estão cada vez mais pesadas no trabalho. É preciso enfrentar a concorrência e ainda atingir metas e resultados. O problema nisso tudo, é quando a pressão começa a ser insuportável. O estresse no trabalho é inevitável neste caso.

Por isso, avalie como estão as cobranças por resultados no seu trabalho. É fundamental que você mantenha um relacionamento aberto com seus superiores para eles entenderem o seu limite. E, claro, você também precisa entendê-lo. Simplesmente aceitar prazos apertados pode não ser positivo, pois o acúmulo, no longo prazo, é devastador no seu inconsciente.

Por isso, saiba que se você está estressado, as motivações podem sim ser da quantidade de trabalho e do pouco tempo para realizá-lo. Independente da área de atuação, você não pode viver somente para trabalhar. É inviável e sua produtividade torna-se praticamente nula.

Leia também: Sauna antes ou depois do treino?

O que fazer para aliviar o estresse no trabalho?

Bom, mas o que podemos fazer para aliviar o estresse no trabalho? Conforme mencionamos anteriormente, uma das melhores alternativas é fazer terapia. Encontrar um profissional para lidar com o problema junto de você é uma das melhores formas de se tranquilizar e entender que o peso não está todo nas suas costas.

Há quem acredite que simplesmente “desacelerar” já seja o suficiente. Mas, na maioria das vezes não é. E isto por um simples motivo: em algum momento, você vai ter que acelerar de novo. E o estresse voltará. Por isso, o problema muitas vezes é mais profundo do que parece. E você precisa combinar alguns pontos.

Além de terapia para analisar sua vida e entender o que você gosta, o que não gosta e as motivações que fazem você trabalhar, é preciso fazer algumas atividades relaxantes. Vamos listar três que podem te ajudar. Veja abaixo.

Pratique atividades físicas para eliminar energia

A primeira recomendação, é a prática de uma atividade física. Todos sabemos que a atividade física é uma das melhores alternativas para um dia a dia mais leve e tranquilo. Há quem consiga descontar as energias em práticas que tornam as noites de sono muito mais leves.

Por exemplo, se você estiver estressado com alguma coisa, poderá canalizar este estresse em uma corrida de rua, alguma arte marcial ou mesmo fazer musculação na academia. Quando deslocamos nosso pensamento para uma atividade neste sentido, a mente para de pensar naquele problema em si e se concentra no exercício.

Além de que os exercícios físicos liberam hormônios de prazer que tornam seu dia também mais leves. Mas, claro, adote estas práticas sempre com supervisão de profissionais. Jamais comece uma atividade pesada da noite para o dia sem conhecer seu corpo. Afinal, você não quer ter uma lesão grave e se estressar ainda mais, não é mesmo?

homem angustiado

Tire férias

Você já pensou em tirar férias? Este é um tema que muitas vezes não é nem discutido por alguns profissionais. Principalmente por quem tem o próprio negócio. Férias muitas vezes está fora de questão. E podemos afirmar que este é um erro grave, pois as férias ajudam muito seu inconsciente a relaxar. Este é um momento de desconectar, ficar longe do e-mail e do telefone e descansar.

Férias não é sinônimo de Caribe ou uma viagem extremamente cara. Férias pode ser o simples fato de ficar um tempo sem trabalhar e sem pensar em trabalho. De preferência, em algum local que não tenha acesso fácil a sua vida convencional no dia a dia. Relaxar é preciso e é somente isso que poderá fazer você ter mais energia para voltar com força total.

Um Spa masculino pode ser uma ótima alternativa

Homens geralmente cuidam menos da saúde e, por isso, acumulam muito estresse desnecessário. Por isso, recomendamos que você procure um spa masculino para revitalizar suas energias e diminuir o estresse no trabalho. Esta é uma atividade extremamente importante para que você tenha a oportunidade de sentir-se melhor no dia a dia.

Em um bom spa masculino, como o Spa Well-Being, você terá acesso a uma série de atividades para relaxar e voltar para o trabalho novinho em folha. Veja o que você pode aproveitar:

  • Massagens;
  • Sauna seca e úmida;
  • Ofurô quente e firo;
  • Sala de descanso;
  • Espaço para convivência entre amigos;
  • Duchas orientais;

Somente uma destas atividades já será suficiente para que você diminua a carga de estresse. Agora, imagine fazer uma combinação deles durante a semana? Você se sentirá muito bem! Por isso, conheça nosso espaço familiar para que você possa desfrutar daquilo que realmente merece.

Relaxar é preciso. E viver bem será uma consequência disso!

Leia também: Day Spa em SP para homens

2020-01-17T10:33:37-03:00

Sobre Nós

Acreditamos que todo homem mereça ter um momento de relaxamento e revitalização ao longo da semana. Por isso, criamos o SPA urbano para homens com ambiente estritamente familiar e tradições orientais.